Público-alvo e persona: diferenças e possibilidades

27 de dezembro de 2020

Público-alvo e persona são conceitos diferentes, mas quem está abrindo um negócio agora ou começou a trabalhar recentemente com marketing, pode confundir um pouco os dois.

No entanto, é preciso diferenciá-los, afinal eles vão nortear as estratégias de marketing da marca, principalmente, para que ela alcance a audiência correta e consiga obter bons resultados.

O objetivo de toda organização é vender, uma vez que são as vendas que geram lucros que ajudam o negócio a se manter ativo no mercado.

Só que a concorrência é grande, então não é possível desperdiçar tempo e dinheiro investindo em campanhas que não impactam as pessoas certas.

Quando você conhece o público-alvo e a persona da sua marca, descobre quais conteúdos atraem a atenção deles, a linguagem que deve usar, os canais que eles acessam e outras informações importantes sobre seu comportamento.

Se você sabe com quem está falando, fica mais fácil usar os argumentos corretos, o tom de voz e outros elementos cruciais para atingir seus objetivos, como aumentar o número de leads, acesso, vendas, etc.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é público-alvo e persona, as diferenças entre eles, bem como a importância e vantagens.

Entenda o que é público-alvo

O público-alvo carrega características como situação econômica, social e demográfica das pessoas que vão consumir o produto ou serviço vendido. Para ser mais preciso, os principais dados do público-alvo são:

  • Região;
  • Estado civil;
  • Profissão;
  • Formação;
  • Idade;
  • Gênero;
  • Hábitos de compra.

Apesar de todas as informações que uma empresa de construção e reforma consegue reunir conhecendo bem o seu público-alvo, a persona consegue ser ainda mais específica.

Entenda o que é persona

A persona ou buyer persona é um perfil semi fictício do tipo de cliente ideal de uma marca. Dizemos que é semi fictício porque, apesar de ser uma criação, ela é baseada em informações verdadeiras de clientes.

Muito mais detalhada do que o público-alvo, esse perfil consegue criar uma conexão maior entre a equipe de marketing e a audiência da companhia. A persona é mais focada e eficiente, pois traz informações mais complexas, como:

  • Ambições;
  • Um nome fictício;
  • Dúvidas;
  • Breve história;
  • Dores;
  • Profissão;
  • Valores;
  • Hábitos de compra;
  • Hobbies;
  • Estilo de vida;
  • Redes sociais que mais usa.

Ou seja, são informações que vão mais a fundo, montando um perfil completo, como se estivéssemos falando de um cliente real.

Conheça as diferenças entre persona e público-alvo

Tanto a persona quanto o público-alvo são importantes para as estratégias de marketing das empresas, como no caso de uma fabricante de concreto aerado.

A diferença consiste, basicamente, no fato de que o público-alvo traz informações mais gerais, enquanto a persona é mais detalhada e envolve até um pouco de storytelling.

É dessa forma que a equipe de marketing cria empatia com o perfil ideal de cliente e passa a fazer campanhas mais bem elaboradas e direcionadas.

Com isso, pode-se dizer que a persona é uma ferramenta poderosa para o negócio porque aperfeiçoa o público-alvo e oferece uma análise mais completa.

Agora que ficou claro qual é a diferença entre um e outro, vamos falar um pouco mais sobre sua importância.

A importância do público-alvo

Depois de ler até aqui acho que não é difícil imaginar por qual razão ter um público-alvo bem definido é tão importante. De qualquer forma, vamos explicá-la melhor, mostrando as suas vantagens.

A primeira delas consiste no fato de que saber quem é o seu público-alvo te ajuda a direcionar melhor os seus esforços em marketing.

Se uma empresa que emite AVCB para comercio conhece bem as características de seu público, vai economizar tempo e dinheiro, bem como dinamizar suas equipes de venda e marketing.

Esse conhecimento vai além de saber o que eles querem comprar, mas também seus hábitos, necessidades e interesses. É com base nessas características que vamos saber quais estratégias podem ser usadas.

Além das práticas em marketing digital, a organização consegue melhorar seus produtos e serviços, bem como adequar seus próprios processos.

Também fica mais fácil saber qual rede social usar, visto que esses canais não podem ser descartados. Contudo, o certo é investir em estratégias nas redes onde o público-alvo da marca se encontra. 

Essas plataformas se transformaram em verdadeiras vitrines para as empresas, e muitos consumidores vão buscar informações sobre elas nesses canais.

Só que não basta criar um perfil e esperar que tudo aconteça, é necessário saber usá-las para que o negócio, como uma empresa de impermeabilização de caixa d água, seja vista como autoridade no que faz.

Ela deve criar o seu perfil nas redes sociais em que seu público está, no caso desse tipo de negócio, pode encontrar excelentes oportunidades no Facebook e no Instagram.

Por outro lado, uma academia para terceira idade que pertencente à classe média alta não vai encontrar seu público-alvo no Twitter.

Também é importante respeitar a frequência de postagens para evitar tanto o excesso quanto a falta de publicação.

Além de saber em quais redes sociais deve estar, uma marca também consegue descobrir que tipo de conteúdo deve criar.

O marketing de conteúdo é uma estratégia importante que ajuda a atrair e a engajar a audiência da companhia, o que aumenta as oportunidades de negócio.

Só que as estratégias de marketing modernas não se preocupam mais apenas em vender, mas também com as necessidades dos clientes e de que maneira a marca pode resolver os problemas deles.

Por meio da criação de conteúdos que são veiculados nos blogs em diferentes formatos como vídeos, e-books, entre outros, é possível atender às necessidades do público e esclarecer suas dúvidas.

Para abordar assuntos relevantes, é preciso que a empresa, como no caso de uma fabricante de acessórios banheiro cromado, conheça bem o seu público-alvo. Assim, é possível saber quais pautas são mais relevantes para ele.

A importância da persona

Agora que você já entendeu a importância do público-alvo por meio das vantagens que ele traz para as organizações, chegou o momento de conhecermos a importância da persona.

Esse perfil de cliente ideal é importante, também, por conta dos benefícios que oferece às empresas. Devemos pensar no fato de que toda marca quer ter mais resultados, mas para isso precisa criar um conteúdo mais atrativo e útil.

Algo que não seja desperdiçado e que traga resultados reais só é possível com a criação de uma boa persona.

Em outras palavras, saber quem é o público-alvo permite que a organização crie conteúdo direcionado e interessante, que desperta o interesse das pessoas.

Mas é quando se conhece a persona que conseguimos segmentar melhor os conteúdos e também outras estratégias, como os anúncios.

Isso é importante porque a empresa, como uma fabricante de estruturas metálicas, começa a reduzir custos com suas campanhas, como no caso dos links patrocinados, e ainda aumenta as chances de converter leads.

É uma forma de atingir um objetivo, visto que toda empresa deseja diminuir seus custos de investimento, mas sem abalar o seu número de vendas.

Se o público-alvo foi reduzido a uma persona, com características muito mais específicas, a marca passa a direcionar seus esforços para pessoas que realmente têm interesse no que ela vende.

Não tem sentido, por exemplo, uma loja de brinquedos atingir um público que está interessado em comprar bomba de água centrífuga neste momento.

A persona evita o desperdício de tempo e dinheiro com quem não está interessado, e algumas ferramentas como o Facebook Ads e o Google Ads são otimizadas para que a marca selecione bem as pessoas que vão visualizar os anúncios.

É uma maneira de trabalhar o marketing de maneira inteligente, sem atirar para todo lado, levando a mensagem apenas para quem quer ou precisa ouvi-la para resolver um problema.

Inclusive, essa segmentação faz com que a marca atinja ainda mais pessoas, porque a empresa consegue criar o tom de voz adequado, usar uma linguagem padronizada em cada campanha e escolher quais plataformas são melhores para o negócio.

Uma empresa de aplicação resina epoxi piso, ao conhecer bem a sua persona, também consegue produzir conteúdos mais interessantes, saber a sua extensão e formato adequados, as melhores palavras-chave, dentre outros aspectos.

Quando o conteúdo ou as campanhas chegarem até as pessoas que têm um perfil parecido com o de sua persona, elas se sentirão atraídas, e aí sim suas estratégias começarão a ter efeito.

Conclusão

O público-alvo e a persona são essenciais para as suas estratégias de marketing, portanto, toda empresa deve conhecê-los bem, por todas as razões explicadas neste texto.

Todos os investimentos em marketing serão feitos de maneira mais inteligente, melhorando seus investimentos e, claro, seus resultados.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

 

Copy link
Powered by Social Snap